Publicado por: Mário Matos | 01/03/2009

Nick Cave & Kylie Minogue

Estranhamente fascinante… Uma canção mórbida, do álbum Murder Ballads (1996). A voz de Kylie, quase sussurrada, dá um toque ainda mais lúgubre a esta bela canção.

Strangely fascinating… A morbid song, from the album Murder Ballads (1996). Kylie’s voice, almost a whisper, gives an even somber touch to this beautiful song.

They call me The Wild Rose / Chamam-me Rosa Brava
But my name was Elisa Day / Mas o meu nome era Eliza Day
Why they call me it I do not know / Porque me chamam isso, não sei
For my name was Elisa Day / Que o meu nome era Eliza Day

From the first day I saw her I knew she was the one / Desde o primeiro momento em que a vi, soube que era a eleita
As she stared in my eyes and smiled / Enquanto me olhava nos olhos e sorria
For her lips were the colour of the roses / Porque os seus lábios eram da cor das rosas
They grew down the river, all bloody and wild / Que cresciam perto do rio, sangrentas e selvagens

When he knocked on my door and entered the room / Quando me bateu à porta e entrou no quarto
My trembling subsided in his sure embrace / O meu tremor dilui-se no abraço seguro dele
He would be my first man, and with a careful hand / Seria o meu primeiro homem, e com uma mão cuidadosa
He wiped the tears that ran down my face / Limpou as lágrimas que me corriam pela cara

On the second day I brought her a flower / No segundo dia trouxe-lhe uma flor
She was more beautiful than any woman I’d seen / Estava mais bela do que qualquer mulher que eu já vira
I said, ‘Do you know where the wild roses grow / Perguntei: «Sabes onde crescem as rosas bravas?
So sweet and scarlet and free?’ / Tão doces e escarlates e livres?»

On the second day he came with a single rose / No segundo dia ele chegou com uma única rosa
Said: ‘Will you give me your loss and your sorrow?’ E disse: «Entregas-me a tua tristeza e a tua perda?»
I nodded my head, as I layed on the bed / Disse que sim com a cabeça, enquanto me deitava na cama
He said, ‘If I show you the roses will you follow?’ / Perguntou-me: «Se te mostrar as rosas, segues-me?»

On the third day he took me to the river / No terceiro dia, levou-me ao rio
He showed me the roses and we kissed / Mostrou-me as rosas e beijámo-nos
And the last thing I heard was a muttered word / E a última coisa que ouvi foi um palavra sussurrada
As he stood smiling above me with a rock in his fist / Enquanto ele estava de pé por cima de mim, sorrindo, com uma pedra na mão

On the last day I took her where the wild roses grow / No último dia levei-a aonde as rosas bravas crescem
And she lay on the bank, the wind light as a thief / E ela ficou ali na margem, com o vento fugaz como um ladrão,
As I kissed her goodbye, I said, ‘All beauty must die’ / E enquanto a beijava em despedida, disse: «Toda a beleza tem de morrer»
And lent down and planted a rose between her teeth / E baixei-me e coloquei-lhe uma rosa entre os dentes.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: