Publicado por: Mário Matos | 08/05/2009

Por falar em México…

Tanto se tem falado do México — primeiro devido às guerras do narcotráfico, depois devido à gripe suína, ou H1N1 — que me pus a rever algumas coisas do baú musical. E saiu-me logo, para começar, este magnífico disco de Linda Ronstadt: Canciones de mi  Padre. O pai de Linda Ronstadt era mexicano e, neste disco, de 1988, a cantora presta homenagem às músicas que encheram a sua infância. O resultado é excelente: a interpretação dela é fabulosa, os músicos são de primeira categoria e a qualidade sonora do CD é irrepreensível. Apaixonei-me por este disco à primeira audição, talvez também porque, em miúdo, ouvi muitas vezes discos do Pedro Infante que o meu pai tinha, e achava fascinantes aqueles gritos de «ai, ai, ai» típicos das bandas de Mariachis… Há coisas que ficam.

2001456192451806663_rs

Eis uma versão, ao vivo, de um dos temas fortes deste CD, Los Laureles:

A qualidade sonora não é a melhor, mas dá uma ideia…

E já que falei nele, eis uma canção de Pedro Infante, considerado o maior intérprete da canção «ranchera»:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: