Publicado por: Mário Matos | 10/08/2009

Raul Solnado (1929-2009)

Lembro-me de ouvir (e ver) o Raul Solnado desde que era miúdo. Agora que o perdemos, não vale a pena dizer as mesmas palavras que já toda a gente disse. Mas vale a pena rir um pouco, mais uma vez, com ele.

Este excerto de um show no Brasil é de 1967.

O Raul Solnado fica connosco.

Anúncios

Responses

  1. o adeus ao riso da minha infância.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: